DRAVE - a Aldeia Mágica #DRAVE #aldeia #mágica #arouca

Desta vez fomos até Arouca, Regoufe, aldeia mágica de Drave. Depois se subirmos a Serra de S. Macário, entramos em Regoufe, pequena aldeia mineira, (antigas minas de Volfrâmio), perdida na Serra e habitada por pequenos agricultores e muitos, mas mesmo muitos animais domésticos, que andam livremente pelas ruas. Deixamos o carro no inicio de Regoufe (obrigatório) e atravessamos, a pé, parte da aldeia em direção à ponte que atravessa a Ribeira de Regoufe, passando sob latadas de videiras. Começa a subida, para o lado direito, em cima de cascalho, muito cascalho, até atingirmos o ponto mais alto. Seguimos depois o PR14 por estradão, sempre a descer, até entrarmos num caminho estreito e apenas acessível a caminheiros. Muito irregular, e por vezes ladeado por muros construídos de forma curiosa, que nunca tínhamos visto. Sempre acompanhados por paisagens, simplesmente belas.  A meio do percurso já conseguimos avistar a aldeia mágica, DRAVE, incrustada no fundo de um vale, onde sobressai a capela pintada de branco e dedicada à Nossa Senhora da Saúde. 4 Kms depois chegámos e sentimos a magia. Parece que vemos os antigos habitantes a percorrer as pequenas e estreitas ruas, entrando e saindo das suas casas para o trabalho no campo. Apesar de só vermos pedras, foi terra muito fértil e abundante. Quase que consegui ver o espigueiro cheio de milho a secar e as mulheres à beira das ribeiras a lavar a roupa suada do trabalho no campo; são três ribeiras que se unem na aldeia mágica para formar o Rio da Drave. Despedimo-nos da aldeia mágica e regressamos pelo mesmo caminho, voltando a passar pela aldeia de Regoufe. Existe um restaurante, nesta aldeia, mas temos que marcar, caso contrário, ninguém come!!! 
São duas aldeias fun tásticas; 
Regoufe, pelo modo de vida que ainda conserva (a dada altura pensei que nos tínhamos enganado e que estávamos a entrar numa quinta, mas era só a rua de acesso à referida ponte)
Drave, simplesmente, MÁGICA! 
Esqueci de referir que esta aldeia é o Centro Nacional da IV do CNE. 1/3 da aldeia é propriedade do Corpo Nacional de Escutas. Após a aquisição, começaram a reconstruir e conservar este pequeno recanto mágico. 
Link para a totalidade das fotos https://goo.gl/photos/miTWLsBLNhkGSHiw6




















Mensagens populares deste blogue

PEREGRINAÇÃO / caminhada a FÁTIMA...

IV Caminhada Solidária Bombeiros Voluntários de Seia - 25/09/2016

Rota do Pastoreio & Rota da Garganta de Loriga... Rota das Aldeias de Montanha! #serradaestrela #aldeiasdemontanha