II Caminhada Solidária Bombeiros Voluntários de Seia... fotos!


2ª Caminhada Solidária (urbana) Bombeiros Voluntários de Seia

Pelo 2º ano consecutivo vai ser organizada uma Caminhada Solidária no perímetro urbano da cidade de Seia.
Vamos percorrer, novamente, ruas e lugares menos conhecidos da nossa cidade, praticando exercício físico ao ar livre e no final ajudámos os Bombeiros Voluntários de Seia; o convívio termina com o almoço no salão do quartel daquela corporação de bombeiros.

Ajude-nos ajudar os Bombeiros de Seia; eles correm para nos salvar, nós andamos para os ajudar!






26/10/2014 - início 09h30m;

Ponto de partida/chegada, Quartel dos Bombeiros Voluntários de Seia;
A caminhada terá uma duração aproximada de 3 horas;
6,5 passadas, incluí almoço;
Os participantes devem utilizar roupa e calçado confortável, adaptado às condições atmosféricas;

Todos os participantes devem levar um pequeno reforço energético (água, peça de fruta, chocolate…);

Durante as caminhadas só devemos deixar; PEGADAS;

1. Ao nível do vestuário, utilizar roupa e calçado confortável, adaptado às condições atmosféricas;
2. Respeitar o andamento dos guias, não o excedendo;
3. Seguir somente pelos trilhos sinalizados;
4. Cuidado com o gado. Embora manso, não gosta da aproximação de estranhos às suas crias;
5. Evitar barulhos e atitudes que perturbem a paz local;
6. Observar a fauna à distância, preferencialmente, com binóculos;
7. Não danificar a flora;
8. Não abandonar o lixo, levando-o até um local onde haja serviço de recolha;
9. Fechar cancelas e portelos;
10. Respeitar a propriedade privada;
11. Evitar fazer lume;
12. Colher amostras de plantas ou rochas prejudica o ambiente. Evite fazê-lo;
13. Se possível, todos os participantes irão munidos de um pequeno reforço energético (água, peça de fruta, chocolate…);
14. Respeitar a natureza, não poluindo os locais de passagem;
15. Ser afável com os habitantes locais, esclarecendo-os quanto à atividade em curso e às marcas do percurso pedestre;
16. Goze a caminhada!
Atividade sem enquadramento técnico, Dec. Lei nº.248A/2008 de 31 de Dezembro, (Lei nº.40/2012, de 28 de Agosto).

LINK p/ formulário inscrição...

*A caminhada está classificada segundo a seguinte escala:
1 – Caminhada curta em terreno plano, simples deslocamento;
2 – Trilho fácil, quase sem inclinação;
3 – Terreno acidentado, não exige material técnico, mas envolve aclives e declives;
4 – Caminhada dificuldade técnica, onde eventualmente é necessário o uso de equipamento de segurança;
5 – Escalada técnica ou percurso muito acidentado, longas distâncias com uso obrigatório do equipamento de segurança.
6 – Trail muito difícil, reservado para atletas e pessoas muito experientes

Ecopista / Ciclovia do DÃO, três anos depois voltei a fazer os 50 kms...

Em 2011, ano da sua inauguração, percorri toda a Ecopista do Dão de bicicleta com dois amigos, sentido Viseu, Santa Comba Dão, podem ver aqui; no passado fim de semana, voltei à mesma pista, com um dos amigos da aventura anterior, Rafael e com o meu amigo e vizinho Mário Júlio. Desta vez a pé, mas no sentido inverso. 
O único apoio que levámos foram as nossas mochilas. A chuva que nos acompanhou, na parte da manhã não ajudou, mas o tempo fresco, foi uma grande ajuda. O sol resolveu dar o ar da sua graça, depois de almoço. Com algum sacrifício na parte final, últimos 12 kms, conseguimos cumprir o objetivo que nos tínhamos proposto.

Em Setembro de 2013 a Ecopista ganhou um prémio;
"A Ecopista do Dão foi distinguida como uma das melhores da Europa nos Prémios Europeus de Ecopistas, que atribuíram o terceiro lugar, na categoria Excelência, à via que atravessa os concelhos de Viseu, Tondela e Santa Comba Dão, numa extensão aproximada de 50 quilómetros. A entrega dos prémios decorreu a 12 de Setembro, em Viseu. "  noticia completa, aqui.  

álbum de fotos no final do post:
















1ª Caminhada "Rotas das Alminhas" em Carragozela, Seia...

álbum de fotos no final do post... 
"Insanidade é continuar a fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes."

Albert Einstein

Estávamos no ano de 2004; a SIC fez uma reportagem em Carragozela, Seia, sobre as Alminhas. Na entrada da povoação, encontrava-se uma que estava coberta de silvas e tinha um caixote do lixo encostado. Um blogue local, Oceano das Palavras, pega no assunto e constata que três anos mais tarde a Alminha já não tinha silvas, desviaram ligeiramente o caixote do lixo, mas ganhou um novo "companheiro"; um sinal de limite de velocidade, que acabou por ficar encostado ao pequeno monumento. (Cruzeiros ou Alminhas, todos eles são considerados monumentos e estão protegidos por um decreto Lei do Governo de Salazar)

Em 2013, é organizado na aldeia de Cabeça, Seia, o VII Encontro de Blogues, onde o tema principal são as alminhas existentes nessa povoação, sendo feita uma referência especial às Alminhas Corte-Muro, por ser talhada em Xisto, pedra que não é fácil trabalhar. São únicas no concelho de Seia e talvez no País. Durante o debate promovido no final do encontro, é referida a possibilidade de criar uma rota ou rotas das Alminhas no concelho. Concluem então que por si só, não é uma mais valia, mas poderia ser incluída numa oferta turística mais abrangente, acrescenta valor a essa mesma oferta. Um dos participantes refere que o Município de Seia tem o levantamento de todas as Alminhas existentes no concelho.

Torrozelo e Folhadosa, foram as localidades que receberam o Encontro de Blogues de 2014, onde se volta a falar das Alminhas existentes, nessas povoações.

Carragozela, Junho de 2014, a Associação local, precisa de angariar fundos; surge a ideia de organizar uma caminhada, que além de ser um evento aberto a todos, permite mostrar as zonas menos visíveis da freguesia e por vezes as mais belas. A Junta de Freguesia associa-se à organização do evento.

Já algum tempo que as sete Alminhas locais, estão a ser recuperadas, faltando apenas colocar em cada uma as orações antigas e recolhidas junto da população mais idosa.

Está encontrado o tema da caminhada, podendo assim mostrar e testar a futura "Rota das Alminhas" devidamente marcada e posteriormente publicitada.

Aquando da divulgação do evento, uma jornalista da Rádio Renascença tem conhecimento do evento e interessa-se pelo tema; entrevista o Presidente da Junta de Freguesia de Carragozela, assim como o organizador do VII Encontro de Blogues, para perceber e mostrar ao público em geral o que são as Alminhas ou Cruzeiros, se a tradição se mantém e o que é feito para a manter.

Treze de Julho de 2014, às oito e trinta da manhã começa a Rota das Alminhas com mais de 100 pessoas/caminheiros com o propósito de ver as sete Alminhas da freguesia de Carragozela e assim manter e/ou conhecer os costumes dos nossos antepassados.

Em cada monumento é rezada em voz alta a oração que consta numa pequena placa, ali colocado, seguido de um Pai Nosso e uma Ave Maria. Durante o percurso passam pelo cemitério onde se reza novamente.

Como podemos comprovar, não podemos esperar que os outros façam por nós. Com um pequeno esforço e contributo de todos conseguimos fazer grandes coisas.


Intervenientes nesta pequena grande história:
Luís Silva, blogue Oceano das Palavras;

oceanodepalavras.blogspot.pt
José Pinto, blogue Cabeça Web;
cabecaweb.blogspot.pt
Guida Gomes, habitante de Carragozela;
João Barreiras, Presidente da Junta de Carragozela;
Liliana Carona, jornalista da Rádio Renascença;
link p/ reportagem, passou na rádio!
os mais de 100 caminheiros que participaram na 1ª Rota da Alminhas;

Concerto Gerações, orquestra de sopros e percussão da Escola Profissional Serra da Estrela em Seia...

...com vários grupos corais, alguns interpretes musicais senenses e um convidado especial, José Cid.
Um concerto onde se provou, mais uma vez, que na nossa cidade de Seia, existe muito talento.
Os ensaios, as várias interpretações musicais com a orquestra, os convidados e o fim do espetáculo.

Álbum no final do post...



IV Encontro de Pasteleiras (bicicletas antigas) Clube SEITA...

Pela 2ª vez, fui ver o encontro de bicicletas antigas em Oliveira do Hospital... organizado pelo Clube Seita, da mesma cidade!

2º Passeio de Motorizadas Sporting Clube de Travancinha...

No domingo (29/06/2014), ao passar de carro pelo Monumento aos Combatentes do Ultramar em Seia, deparei-me com o Passeio de Motorizadas organizado pelo Sporting Clube de Travancinha... foi parar o carro e começar a disparar!

Álbum no final do post...




Pesquisar neste blogue

A carregar...