Ecopista / Ciclovia do DÃO, três anos depois voltei a fazer os 50 kms...

Em 2011, ano da sua inauguração, percorri toda a Ecopista do Dão de bicicleta com dois amigos, sentido Viseu, Santa Comba Dão, podem ver aqui; no passado fim de semana, voltei à mesma pista, com um dos amigos da aventura anterior, Rafael e com o meu amigo e vizinho Mário Júlio. Desta vez a pé, mas no sentido inverso. 
O único apoio que levámos foram as nossas mochilas. A chuva que nos acompanhou, na parte da manhã não ajudou, mas o tempo fresco, foi uma grande ajuda. O sol resolveu dar o ar da sua graça, depois de almoço. Com algum sacrifício na parte final, últimos 12 kms, conseguimos cumprir o objetivo que nos tínhamos proposto.

Em Setembro de 2013 a Ecopista ganhou um prémio;
"A Ecopista do Dão foi distinguida como uma das melhores da Europa nos Prémios Europeus de Ecopistas, que atribuíram o terceiro lugar, na categoria Excelência, à via que atravessa os concelhos de Viseu, Tondela e Santa Comba Dão, numa extensão aproximada de 50 quilómetros. A entrega dos prémios decorreu a 12 de Setembro, em Viseu. "  noticia completa, aqui.  

álbum de fotos no final do post:
















1ª Caminhada "Rotas das Alminhas" em Carragozela, Seia...

álbum de fotos no final do post... 
"Insanidade é continuar a fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes."

Albert Einstein

Estávamos no ano de 2004; a SIC fez uma reportagem em Carragozela, Seia, sobre as Alminhas. Na entrada da povoação, encontrava-se uma que estava coberta de silvas e tinha um caixote do lixo encostado. Um blogue local, Oceano das Palavras, pega no assunto e constata que três anos mais tarde a Alminha já não tinha silvas, desviaram ligeiramente o caixote do lixo, mas ganhou um novo "companheiro"; um sinal de limite de velocidade, que acabou por ficar encostado ao pequeno monumento. (Cruzeiros ou Alminhas, todos eles são considerados monumentos e estão protegidos por um decreto Lei do Governo de Salazar)

Em 2013, é organizado na aldeia de Cabeça, Seia, o VII Encontro de Blogues, onde o tema principal são as alminhas existentes nessa povoação, sendo feita uma referência especial às Alminhas Corte-Muro, por ser talhada em Xisto, pedra que não é fácil trabalhar. São únicas no concelho de Seia e talvez no País. Durante o debate promovido no final do encontro, é referida a possibilidade de criar uma rota ou rotas das Alminhas no concelho. Concluem então que por si só, não é uma mais valia, mas poderia ser incluída numa oferta turística mais abrangente, acrescenta valor a essa mesma oferta. Um dos participantes refere que o Município de Seia tem o levantamento de todas as Alminhas existentes no concelho.

Torrozelo e Folhadosa, foram as localidades que receberam o Encontro de Blogues de 2014, onde se volta a falar das Alminhas existentes, nessas povoações.

Carragozela, Junho de 2014, a Associação local, precisa de angariar fundos; surge a ideia de organizar uma caminhada, que além de ser um evento aberto a todos, permite mostrar as zonas menos visíveis da freguesia e por vezes as mais belas. A Junta de Freguesia associa-se à organização do evento.

Já algum tempo que as sete Alminhas locais, estão a ser recuperadas, faltando apenas colocar em cada uma as orações antigas e recolhidas junto da população mais idosa.

Está encontrado o tema da caminhada, podendo assim mostrar e testar a futura "Rota das Alminhas" devidamente marcada e posteriormente publicitada.

Aquando da divulgação do evento, uma jornalista da Rádio Renascença tem conhecimento do evento e interessa-se pelo tema; entrevista o Presidente da Junta de Freguesia de Carragozela, assim como o organizador do VII Encontro de Blogues, para perceber e mostrar ao público em geral o que são as Alminhas ou Cruzeiros, se a tradição se mantém e o que é feito para a manter.

Treze de Julho de 2014, às oito e trinta da manhã começa a Rota das Alminhas com mais de 100 pessoas/caminheiros com o propósito de ver as sete Alminhas da freguesia de Carragozela e assim manter e/ou conhecer os costumes dos nossos antepassados.

Em cada monumento é rezada em voz alta a oração que consta numa pequena placa, ali colocado, seguido de um Pai Nosso e uma Ave Maria. Durante o percurso passam pelo cemitério onde se reza novamente.

Como podemos comprovar, não podemos esperar que os outros façam por nós. Com um pequeno esforço e contributo de todos conseguimos fazer grandes coisas.


Intervenientes nesta pequena grande história:
Luís Silva, blogue Oceano das Palavras;

oceanodepalavras.blogspot.pt
José Pinto, blogue Cabeça Web;
cabecaweb.blogspot.pt
Guida Gomes, habitante de Carragozela;
João Barreiras, Presidente da Junta de Carragozela;
Liliana Carona, jornalista da Rádio Renascença;
link p/ reportagem, passou na rádio!
os mais de 100 caminheiros que participaram na 1ª Rota da Alminhas;

Concerto Gerações, orquestra de sopros e percussão da Escola Profissional Serra da Estrela em Seia...

...com vários grupos corais, alguns interpretes musicais senenses e um convidado especial, José Cid.
Um concerto onde se provou, mais uma vez, que na nossa cidade de Seia, existe muito talento.
Os ensaios, as várias interpretações musicais com a orquestra, os convidados e o fim do espetáculo.

Álbum no final do post...



IV Encontro de Pasteleiras (bicicletas antigas) Clube SEITA...

Pela 2ª vez, fui ver o encontro de bicicletas antigas em Oliveira do Hospital... organizado pelo Clube Seita, da mesma cidade!

2º Passeio de Motorizadas Sporting Clube de Travancinha...

No domingo (29/06/2014), ao passar de carro pelo Monumento aos Combatentes do Ultramar em Seia, deparei-me com o Passeio de Motorizadas organizado pelo Sporting Clube de Travancinha... foi parar o carro e começar a disparar!

Álbum no final do post...




foi a Festa do Solstício - Caminhada do Lampião - Alvoco da Serra

Mais uma Festa e Caminhada fun tásticas na nossa Serra da Estrela, com o contributo da Companhia de Teatro Vivarte...





Pesquisar neste blogue

A carregar...