Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2012

Vale do Rossim, caminhada na lagoa...

Imagem
Um dia muito bem passado que começou com uma caminhada a circundar a lagoa. Demorámos, cerca de 2 horas, passeando e observando a paisagem.











Diário da minha QUINTA (agricultura de subsistência)... VIII começam as colheitas!!!

Imagem
Pois é, isto da agricultura tem destas coisas. Apesar de tratarmos, sempre, da mesma forma as "plantas", por vezes a produção fica muito aquém daquilo que queremos. Este ano aconteceu com as batatas. Muito poucas, para o normal!!! 













Campo de Trabalho Científico sobre controlo de invasoras - sessão de esclarecimento - no CISE em SEIA

Imagem

Caminhos da Montanha (Serra da Estrela) - Percurso das LEVADAS de Cabeça

Imagem
Foi simplesmente fun tástico, podermos ver paisagens "escondidas" da nossa Serra da Estrela, assim como as LEVADAS. As feijocas e o arroz doce no final, estavam muito bem confecionados. Muitos parabéns à cozinheira!

retirado do flyer, entregue antes de iniciarmos a caminhada!
O percurso das levadas é um pequeno percurso circular, de pequena rota, com um elevado interesse paisagístico, ecológico e ambiental.
Apresenta uma extensão de 7,29 kms percorrendo terrenos situados em altitudes de 400 a 500 metros.
O percurso tem inicio no Largo da Malhada, em frente à Igreja Matriz, seguindo a estrada municipal até ao cemitério da aldeia. Seguindo o caminho encontra-se a levada comunitária, a qual segue até se encontrar o caminho das Fontanheiras. Aqui segue-se o caminho, sempre descendo, até encontrarmos a ribeira. Na descida, podemos observar as bucólicas construções em xisto, assim como os diversos socalco, resquícios de uma agricultura de subsistência com origem antiga, que ainda hoje…

Passos à Volta da Memória III - A Presença Judaica na GUARDA (visita encenada)

Imagem
"A coordenação geral é de Américo Rodrigues, sendo o texto e encenação de Antónia Terrinha, e a interpretação de Antónia Terrinha ou Isabel Leitão.
«Seja bem-vindo quem vier por bem» é o mote para uma visita ao «tempo e espaço» daquilo que foi a presença dos Judeus na Guarda. Entre cultura, tradições e fé, os visitantes são convidados a assistir a uma história, que embora ficcionada, podia muito bem ter acontecido. Percorrendo as suas ruas, visitando suas casas, observando seus altares, damo-nos conta daquilo que foram os amores e desamores, hábitos e perseguições de hebreus. São estes os ingredientes duma visita que pretende chamar a atenção para esta comunidade que tanto contribuiu para o desenvolvimento da cidade.
A encenadora Antónia Terrinha começou o seu percurso no Teatro O Bando, tendo passado por outras companhias como A Comuna e a Cornucópia. Esteve ligada a projectos de teatro infantil, como actriz e como encenadora. Dirigiu com Cândido Ferreira a Companhia do Teatro Cha…