Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2011

OS AMIGOS NÃO SE FAZEM, ESTIMAM-SE - Renovação de contrato 2011-2012!

Imagem
Depois de uma séria e cautelosa consideração, quero notificar-te que o nosso "Contrato de amizade" foi renovado para o novo ano de 2012.
Nunca desvalorizes ninguém guarda cada pessoa perto do teu coração  porque um dia podes acordar e perceber que perdeste um diamante enquanto estavas muito ocupado(a) a coleccionar pedras.
Manda este abraço para quem não queres perder em 2011 e 2012.


(incluindo a mim se achares bem).

O Castelo e Presépio de PENELA... obrigatório visitar!

Imagem

Feliz Natal... agradeço à troika a minha ceia de Natal!

Imagem
Com a crise instalada e o corte que sofremos nos subsídios de Natal, decidi fazer uma consoada só de legumes… Aqui fica a lagosta que vamos comer, lá em casa!!!
Um santo e Feliz Natal para todos vocês e familia...

Nave da Mestra - Caminhada de Montanha na Serra da Estrela c/ Trilhos de Ideias...

Imagem
A Nave da Mestra é um daqueles locais incontornáveis da Serra da Estrela, localizada a 1.650m de altitude em pleno planalto serrano. E são muitos os pontos de interesse que aqui podemos encontrar, deste a “Casa do Juiz” construida em 1910, até à mítica “talisca”, a fractura no enorme penedo granítico por onde atravessaremos para chegar à Nave. O trilho de montanha inicia-se no Vale das Éguas, junto às Penhas Douradas, adentrando-se pela Serra entre piornos, zimbros e giestas. Estes trilhos ainda hoje são percorridos por pastores e seus rebanhos, em busca dos pastos de altitude que dão o característico sabor ao famoso Queijo da Serra. É uma verdadeira caminhada de montanha, sem grandes exigências técnicas e sempre rodeada por paisagens de postal. AGRADEÇO à empresa Trilhos de Ideias, Maria João e Rui, pela, excelente, organização de mais uma caminhada. Até à próxima! a totalidade das 100 fotos no final do post...










Cerca de 6 horas a caminhar, a longo de 13 kms na nossa bela Serra da Estre…

Diário da minha QUINTA (agricultura de subsistência)... II (cortar mato)

Imagem
Cortar o mato nas matas era o que faziam, normalmente os nossos antepassados. Por esse motivo havia menos incêndios e as nossas florestas estavam, naturalmente limpas.  Limpamos a nossa de dois em dois anos, aproveitando o mato para "alimentar" o olival, naturalmente. A seguir, podem ver as várias etapas desta tarefa, que nos ocupa um dia de trabalho.












15º Festival Ibérico da Canção - Música Jovem - 3 Dezembro

Imagem