Dupla Caminhada no concelho de Oliveira do Hospital, com o Clube SEITA (diurna) e com a Junta de Freguesia de Vila Franca da Beira (noturna)

A 1ª estava integrada no "Há Festa na Zona Histórica" de Oliveira do Hospital. Partimos de Oliveira do Hospital a meio da tarde, e só parámos na cidade romana, BOBADELA. Onde pudemos ver e ouvir explicações do que foi um importante centro urbano do Império Romano. Agradeço ao arqueólogo Rui Silva, pelo acompanhamento e explicações que nos deu; o seu entusiasmo é contagiante. Ele teima em remexer a terra, no continuo processo de procura de vestígios das civilizações que ali existiram. Não foram só os romanos.
Agradecemos ao nosso anfitrião e prosseguimos a nossa caminhada, próxima paragem ANCOSE (Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela). Aqui foram dois os anfitriões; responsáveis pela direção e produção desta associação. Foi-nos explicado o funcionamento da Associação assim como a forma de distinguir o queijo da Serra da Estrela, do outro queijo que se vende habitualmente nas lojas locais. Percebemos ainda, para quem não sabia, como se faz o verdadeiro queijo da Serra da Estrela. Distingui-lo dos outros é simples, só o verdadeiro pode ostentar o nome Serra da Estrela, com o respetivo selo de origem. Todos os outros não ostentam, nem podem, ter o nome, já referido e não têm selo. O leite tem que ser obrigatoriamente da Ovelha de raça Bordaleira e só pode ser usado Cardo natural (Cynara Cardunculus). No final de todas as explicações tínhamos à nossa espera, um belo lanche; queijo (Serra da Estrela) logicamente, requeijão, queijo fresco, manteiga e iogurte, ambos produzidos na associação. Pão centeio e doce de abóbora; tudo muito bom, mesmo. Foi preciso obrigar os caminhantes a sair da sala.
Voltámos à caminhada, próxima paragem; jantar na Festa, de onde antes tínhamos partido. Novamente muito bem servidos, sardinhas, febras e caldo verde. O leitor começa a pensar, mas este pessoal foi para andar ou para comer. Meus caros amigos, tudo é preciso na vida e o dia ainda não tinha acabado.
22h00m era a hora marcada para começarmos a caminhada noturna em Vila Franca da Beira / Oliveira do Hospital. Fomos os últimos a chegar; claro a comer desta maneira! Partimos em direção à pedra das três pernas, a mim mais me parecia um dente, virado ao contrário. Explicação dada, sobre a existência da pedra; apenas um capricho da natureza, rapidamente chegámos a uma outra onde se pensa que eram sacrificadas mulheres virgens. Eu bem procurei as referidas mulheres, mas não encontrei. Foi só mesmo para enganar os participantes. Fora de brincadeiras, é a ideia partilhada por alguns entendidos na matéria. Mas a caminhada tinha que continuar. 24h00m, era a hora marcada para a próxima paragem e onde nos esperava mais uma mesa recheada... outra vez a comer! Agora começam a ter razão, é só comer!!! O local escolhido; Anta da Arcaínha ou Dólmen do Seixo da Beira. Além da comida e bebida; estava a ser preparada a Queimada de Aguardente, bebida que espanta bruxas!!! Aguardente, maça aos pedaços, açúcar amarelo e mel, no final alguns grãos de café. Isto tudo arder dentro de uma "panela" de cobre, até supostamente queimar todo o álcool. Perto do final da "cozedura", pede-se um desejo, atirando um grão de café. Entretanto, alguém faz umas rezas ou diz uns versos, essa parte não percebi muito bem. Depois bebemos um cálice da Queimada e as bruxas, fogem a sete pés. Caros amigos, isto tudo à meia noite, no meio do nada, com uma anta ao lado, quase parecia real,a parte da bruxas. Foi simplesmente fun tástico. Mas o dia mal tinha começado (já passava da meia noite), faltava chegar ao ponto de partida.Uma coisa vos garanto, não sei se espantaram as bruxas; mas que começou tudo a dançar isso é uma verdade. A bebida batia bem!
Chegados ao local de partida, esperava-nos uma malga de café, com centeio e requeijão.
Um dia e uma noite a repetir, sem sombra de duvida...

Com isto tudo cheguei cedo a casa; eram 04h00m, da manhã!!!

Já me esquecia, as fotos dos carros que podem ver, estão relacionadas com uma etapa de um rallye que passava em Oliveira do Hospital, no momento da nossa partida. Rallye Rainha Santa.
DSC_0023

DSC_0018

DSC_0037

DSC_0051

DSC_0062

DSC_0067

DSC_0082

DSC_0091

DSC_0093

DSC_0096

DSC_0111

DSC_0122

DSC_01
25

DSC_0129

DSC_0132

DSC_0139

DSC_0140

DSC_0144

Mensagens populares deste blogue

IV Caminhada Solidária Bombeiros Voluntários de Seia - 25/09/2016

Rota do Pastoreio & Rota da Garganta de Loriga... Rota das Aldeias de Montanha! #serradaestrela #aldeiasdemontanha

PEREGRINAÇÃO / caminhada a FÁTIMA...