Diário da minha QUINTA (agricultura de subsistência)... III (andei nas podas)

As podas são imprescindíveis, nos arbustos e árvores existentes em qualquer quinta. Permite "eliminar" os ramos velhos e secos, assim como os inúteis ou excedentes. Ao cortarmos esses ramos temos em mente dois objectivos; aumentar e melhorar os seus frutos e/ou dar-lhes o formato que mais convém ao agricultor, tendo sempre em mente o equilíbrio entre a vegetação e a frutificação. E é exactamente isso que venho mostrar-vos neste post. 

Um cordão de videiras, antes da poda...

Já podadas, as vides são agrupadas em molhos p/ a lareira...

Mais videiras e uma figueira antes de se encontrarem com a tesoura e o serrote da poda...

Prontas para a próxima primavera! 

São 08h00m e está um frio de rachar, daí a minha figura!!!

Ameixoeira branca; é a próxima...

Tesoura e serrote de poda e de poda alta; os instrumentos necessários.

Mais quatro macieiras antes da ida ao "barbeiro"...

outro ângulo!

Só para comprovar o frio que estava. Isto branco é geada! Ao fundo a horta.

Ameixoeira; já pronta.

As quatro macieiras após o tratamento...

No chão podem ver molhos e a machada para cortar as vides. Esta parte é a D. Rosa.
Nada se perde, tudo se transforma. Neste caso em cinza, na lareira.

Mensagens populares deste blogue

IV Caminhada Solidária Bombeiros Voluntários de Seia - 25/09/2016

Rota do Pastoreio & Rota da Garganta de Loriga... Rota das Aldeias de Montanha! #serradaestrela #aldeiasdemontanha

PEREGRINAÇÃO / caminhada a FÁTIMA...