"Leite c/ chocolate no orçamento", a nova novela Portuguesa... O Romeu e Julieta dos tempos modernos!

Nos últimos dias assistimos ao desenrolar de uma nova novela feita em Portugal, mas em tudo semelhante às novelas mexicanas traduzidas para português do Brasil. Até o final foi semelhante, acaba com casamento entre duas familias rivais.

O leite com chocolate foi o que despoletou toda esta discórdia... fica nos 5% ou passa para 23%.
Passa não passa, aprova não aprova, só aprovo se for assim e eu só quero ser for assado. Então se é assim, já não brinco mais. E aparente não havia casamento (novela tem que ter final feliz). Os dois artistas principais (amadores, diga-se de passagem) fizeram uma viagem pela Europa, daquelas para "dar um tempo". Foi esta a tradução usada na versão que passou na TV. Nessa viagem encontraram uma senhora alemã que lhes deu alguns conselhos e penso que terá dado também, alguns calduços o que lhes abriu a mente e acalmou os ânimos. Voltaram mais calmos e resolveram entender-se.
Entretanto é convocado o conselho dos anciões, para falarem do casamento. Só não se percebeu, na trama da novela, o porquê desta "reunião". É que durante esse conselho, realizou-se o casamento em segredo. Possivelmente foi só "história para boi dormir", outra tradução à brasileiro. Gosto destas expressões.
Aparecem ainda uns personagens que mandam uns bitaites, para o ar e nunca ninguém percebe muito bem qual o papel deles.
O Sr. Silva (que é muito bom, segundo ele próprio) demora meia hora ou mais para dizer que vai ser candidato. A quê? Não percebi.
O Sr. Alegre, que também é candidato como o Sr. Silva, fala mal da situação do País mas esquece-se que é da mesma aldeia do 1º que diz ser Engenheiro e além disso faz parte do conselho da aldeia à mais de 300 anos.
O Sr. Nobre, que como o Sr. Silva e o Sr. Alegre é candidato, não sei a quê, fala mal dos outros e não paga a renda à seis meses.
Vejo a novela todos os dias do principio ao fim e ainda não consegui perceber o papel destes três nem o papel que um deles vai ter no futuro.
Voltando ao que interessa, um final feliz!
Esta é a unica foto que comprova o acto. Podemos ver os nubentes assinarem os livros... 
À quem diga que a foto com o beijo, só não foi tirada porque o telemóvel não tinha memória suficiente!

Mais uma triste novela no nosso já tristíssimo (desgraçado) País... 

Mensagens populares deste blogue

CAMINHADA DO 32º ANIVERSÁRIO ARD VILA CHÃ...

Viveiros Florestais da Portela de Arão. Para quando a sua reabilitação?