Faleceu a D. Ressurreição, a mãe da Rosa, minha esposa...

Eram 07h00m da manhã de segunda-feira!

Uma senhora fantástica.
Tenha os seus defeitos, como todos nós. Teimosa, como ninguém.
Mas nós, até gostávamos da sua teimosia. 
Sempre disponível para ajudar ou receber alguém, com este sorriso que a foto eterniza. Podia estar, com os seus problemas, mas o sorriso aparecia, naturalmente.
Sofreu muito ao longo da sua vida. O marido é assassinado em 1980, faz dia 09 de Setembro, 30 anos. A filha mais nova, morre com leucemia aos 18 anos. Uma vida de muita luta e sofrimento, conseguindo sempre ultrapassar os obstáculos que lhe foram colocados na sua caminhada.
No dia 06 de Setembro de 2010 e quando nada o fazia prever, faleceu. Já não teve forças para conseguir, com sofrimento, ultrapassar mais um obstáculo.


Já é duro, suportar a morte de uma ente querido, mas vê-lo morrer sem poder fazer nada é terrivelmente pior.
Nem a rapidez do INEM, conseguiu salvar a D. Ressurreição.
Resta-nos pensar que, foi para junto do seu marido e da sua filha. Talvez isso       consiga aliviar, um pouco, a nossa dor.


ATÉ SEMPRE...


É uma felicidade enorme, quando alguém nasce. 
Mas é um vazio profundo, quando alguém morre. 

Mensagens populares deste blogue

IV Caminhada Solidária Bombeiros Voluntários de Seia - 25/09/2016

PEREGRINAÇÃO / caminhada a FÁTIMA...

Rota do Pastoreio & Rota da Garganta de Loriga... Rota das Aldeias de Montanha! #serradaestrela #aldeiasdemontanha