Mutilados pela guerra e não só!

Ao passear pela WWW, dei comigo num site sobre um concurso, "Miss Landmine", onde o prémio é uma prótese.

Têm mais informações sobre o referido concurso, no site da BBC em português.

Lembrei-me, que tinha escrito um texto, sobre a imagem de um mercenário angolano, onde o assunto era o mesmo. O senhor era mutilado e estava sentado no passeio a pedir esmola.


Ao olhar para esta imagem são vários os sentimentos que me ocorrem. Medo, horror, pena, revolta e vontade de ajudar.

Muito possivelmente morreu, ou de fome a pedir esmolas (a quem, se era e continua a ser um País pobre), ou da falta de cuidados médicos.

Primeiro foram recrutados à força, para combaterem pela Pátria, depois acaba a guerra e mais ninguém se lembra dos soldados que andaram a lutar sem razão. Porque as guerras só existem na cabeça de algumas pessoas. Depois, enquanto eles ficam sentados no seus gabinetes a jogar à batalha naval os “seus” soldados morrem sem saber porquê. E no caso de Portugal andou cerca de 13 anos em guerra a perder os seus filhos, para depois aparecerem uns iluminados e entregarem as colónias sem se preocupar com as vidas que já tinham sido perdidas ou despedaçadas.

Felizmente o mundo evoluí todos os dias e de uma maneira geral para melhor, em todos os aspectos, tanto culturais como comportamentais. A única coisa que continua sem evolução e já tem umas centenas de anos, é a guerra. Estou a mentir, penso que evoluíram um bocadinho muito pequeno, foi a não utilização de minas, ou pelo menos não “semearem” como quem semeia erva. Porque depois da guerra essa semente ajuda a “colher” adultos e crianças amputados ou mesmo a morte. É revoltante ver crianças sem a alegria de viver, porque não podem brincar como os outros meninos, ver mães e pais sem poderem trabalhar para dar de comer aos filhos, só porque um capitão se lembrou de mandar semear o terror naquele bocado de terra. É pena esse mesmo capitão não ir depois colher o fruto.

Mensagens populares deste blogue

PEREGRINAÇÃO / caminhada a FÁTIMA...

IV Caminhada Solidária Bombeiros Voluntários de Seia - 25/09/2016