Diamante em bruto por lapidar! SERRA da ESTRELA

Agora deu-me para andar à boleia. Desta vez é da JSD, carta publicada no Porta da Estrela. Mas, estou com duvidas. Não sei se fui eu que apanhei boleia ou se foram eles. Parece que todos falamos do mesmo e ninguém faz nada. 

Publicado em Março de 2007 no Jornal. Infelizmente, mantem-se actual.

O Turismo na Serra Estrela, melhorou um pouco nos últimos 20 anos. Lembro-me das “barracas” na Lagoa Comprida e na Torre. Em Seia as unidades hoteleiras eram duas ou três. Lojas com produtos regionais, praticamente não existiam. Hoje, existem várias lojas em Seia, com os referidos produtos, e mais alguns que nada têm a ver com a nossa região. Na Lagoa Comprida, estão instaladas, em casas típicas da nossa zona. Os edifícios existentes na Torre continuam abandonados à excepção do pequeno centro comercial existente. Só visitei o centro comercial, uma vez e não gostei do aspecto. Porque não, uma unidade hoteleira, nos referidos edifícios. Seria a mais alta de Portugal Continental. Até porque, com essa unidade hoteleira o espaço envolvente seria mais valorizado. Hoje em dia o turista chega à Torre e o que vê. Edifícios degradados e pouco mais.

As pistas de esqui, evoluíram, hoje em dia têm melhores condições. Colocaram uns “aspersores”, para fazer neve e conseguirmos esquiar durante mais alguns meses. Esqueceram-se, que, para fazer neve, além de água é necessário frio e esse, ninguém consegue controlar, em espaços abertos, por enquanto. Depois, quando a natureza nos dá neve natural em abundância, cortam a estrada, porque não conseguem criar as condições de segurança necessárias, para a circulação dos meios de transporte. Finalmente abrem as estradas e o trânsito fica completamente congestionado, porque, não há espaço suficiente para tantos automóveis e autocarros. A ajudar, alguns condutores param o carro na estrada para brincarem na neve.

Porque é que não se faz um grande parque para automóveis e autocarros, junto à Lagoa Comprida. O terreno é quase plano era só mudar umas pedras de lugar e criar as condições necessárias para o parque. E ao fim-de-semana, quando houvesse muita afluência, entre a Lagoa e a Torre só circulavam autocarros para transportar os turistas. Na maior parte das Estações de Neve, para não dizer em todas, quando pagamos a estadia, no preço está tudo incluído. Na nossa Serra, paga-se a estadia o transporte, o forfait, entre outras coisas. Comenta quem está habituado a frequentar outras paragens, muito caro para o que é oferecido.

Além da Neve como podemos desfrutar de todas as outras belezas naturais da Serra da Estrela?

 Felizmente o Município criou o CISE, agora com novo edifício, que tem como objectivo dar a conhecer toda a outra Serra da Estrela que poucos conhecem. Com passeios pedestres, onde podemos conhecer a fauna e flora que habita a nossa bonita Serra. Sempre respeitando o meio ambiente além de educar para a preservação do mesmo. Existem também algumas unidades hoteleiras e empresas que promovem e organizam passeios e/ou eventos para grupos de turistas interessados assim como empresas que queiram oferecer aos seus colaboradores, a beleza das nossas paisagens.

Penso que vamos no bom caminho, finalmente, à excepção das pistas de sky e dos fins-de-semana com neve, isto na minha opinião.

O importante, é, quem de direito, começar a perceber que ainda temos um diamante em bruto por lapidar. E mesmo em bruto tem uma beleza rara. Mas se o soubermos lapidar, será muito mais belo. 

Mensagens populares deste blogue

IV Caminhada Solidária Bombeiros Voluntários de Seia - 25/09/2016

PEREGRINAÇÃO / caminhada a FÁTIMA...

Rota do Pastoreio & Rota da Garganta de Loriga... Rota das Aldeias de Montanha! #serradaestrela #aldeiasdemontanha